Volte para todos os artigos

Como usar uma área de trabalho remota para transferência de arquivos


Descubra os benefícios de usar uma conexão de área de trabalho remota para transferir arquivos

O compartilhamento de arquivos pode se referir a qualquer situação, como enviar um e-mail contendo um anexo, entregar a seu amigo um pen drive com suas fotos de férias e até mesmo enviar mensagens de texto para um bate-papo em grupo.

Você pode estar se perguntando – qual é a diferença entre estes exemplos e a transferência de arquivos usando uma conexão de área de trabalho remota? Todos estes métodos não são formas de transferência remota de arquivos? Há uma diferença, e nós a explicaremos a você.

O que é a transferência de arquivos em uma área de trabalho remota?

A transferência de arquivos em uma área de trabalho remota refere-se à troca de dados entre dispositivos ou servidores em longas distâncias, normalmente fora da rede local.

Uma área de trabalho remota é uma forma de visualizar remotamente a tela de outro dispositivo e interagir, por exemplo para fins de Suporte Remoto. É também uma ótima maneira de trocar arquivos.

A segurança e estabilidade da conexão remota merece atenção especial, sobretudo quando arquivos grandes são transferidos através de vários países e larguras de banda. Em vez de trocar dados via hardware como pendrives, a Transferência Remota de Arquivos permite que você transfira desde poucos megabytes até grandes quantidades de dados.

Por que a transferência de arquivos em uma área de trabalho remota é importante?

Às vezes, o envio de um anexo por e-mail é suficiente. Mas, quando se colabora em projetos mundialmente, os participantes precisam ser capazes de compartilhar e transferir grandes quantidades de dados de forma segura e rápida. Você não pode esperar horas ou mesmo dias pelos resultados das análises necessárias para prosseguir com um estudo, por exemplo. O compartilhamento de arquivos por uma área de trabalho remota é uma ótima alternativa em tais casos.

O que deve ser considerado quando se utiliza a transferência de arquivos em uma área de trabalho remota?

Os três fatores mais importantes para uma boa solução para a Transferência Remota de Arquivos são:

1. Segurança

A segurança sempre tem prioridade! Uma ferramenta de compartilhamento de arquivos precisa ser bem encriptada e confiável, para que nenhum terceiro possa potencialmente ter acesso aos dados transferidos. Uma sessão de área de trabalho remota pode ser usada para uma conexão direta e perfeitamente criptografada entre dois PCs.

2. Velocidade

Dependendo do tamanho do arquivo, o carregamento de dados pode levar horas. Seu parceiro de colaboração remota precisa, então, fazer o download, o que pode levar ainda mais horas do seu dia. Para não utilizar recursos importantes, arquivos grandes precisam ser trocados da maneira mais direta e rápida possível: basta copiar e colar dados de um PC para outro.

3. Compatibilidade entre plataformas

A maior vantagem da transferência de arquivos em uma área de trabalho remota é que ela pode (e deve) funcionar em todas as plataformas comuns. Hoje em dia, as pessoas trabalham com uma grande variedade de sistemas operacionais. AnyDesk tem até mesmo um aplicativo de navegador, permitindo que você use um navegador como Firefox ou Chrome para a transferência de arquivos em uma área de trabalho remota.

Como funciona a transferência de arquivos em uma área de trabalho remota?

Digamos que você gostaria de transferir arquivos de sua área de trabalho remota para seu PC local. Primeiro, é necessário iniciar uma sessão. Através do AnyDesk, você pode configurar o Acesso não supervisionado, ou seja, você pode acessar seu dispositivo remoto com uma senha. Aqui estão suas opções para transferir os arquivos:

1. Copiar e colar

Esta é a maneira mais fácil de enviar arquivos via AnyDesk. As áreas de transferência de seu dispositivo remoto e seu dispositivo local são sincronizadas durante uma sessão remota da área de trabalho.

Você pode copiar seu arquivo na tela remota de seu computador de trabalho, abrir uma pasta em seu PC local e simplesmente pressionar CTRL+V. É isso aí! Mas, se você tiver uma quantidade maior de arquivos e precisar de uma maneira mais estruturada de transferir arquivos, há também uma solução para você.

2. Use o Gerenciador de Arquivos

Disponível para Windows, macOS e Linux, o Gerenciador de Arquivos permite a transferência de arquivos de acesso remoto organizado – mesmo sem uma sessão regular. Ou seja, você não tem acesso à tela, e sim somente aos arquivos de seu dispositivo remoto. Em uma árvore de diretórios, você consegue visualizar rapidamente tanto seus arquivos locais quanto seus arquivos remotos e pode carregá-los e baixá-los diretamente para o dispositivo desejado.

Se precisa trabalhar em conjunto remotamente e precisa de uma maneira eficiente para compartilhar arquivos, considere trabalhar com um software de área de trabalho remota. AnyDesk, por exemplo, tem muito mais a oferecer do que apenas a transferência de arquivos. Saiba mais sobre as características do AnyDesk e confira o recurso com seus próprios olhos.

Inscreva-se para receber notícias, dicas e muito mais